É preciso usar o sal com moderação

A orientação da Organização Mundial de Saúde é que o consumo de sódio seja de 2g/dia. No Brasil, este número é de 4,7g/dia.

Um dos temperos mais utilizados em todo o mundo, o sal também é um dos principais agentes causadores de alguns problemas de saúde. Por isso, em todo o mundo sempre há campanhas de conscientização de consumi-lo com moderação. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o ideal é que a ingestão de sódio por dia não ultrapasse 2g. No Brasil, a média é mais do que o dobro: 4,7g/dia. “O paladar do brasileiro já é tendencioso para comidas mais salgadas. Só que, com o tempo, os prejuízos do grande consumo de sódio são diagnosticados, como pressão alta e problemas renais, que afetam, principalmente, os idosos”, explica Milena Maffei Volpini, coordenadora de nutrição da Cora Residencial Senior.

De acordo com Rodrigo Costa, geriatra da Cora Residencial Senior, o consumo excessivo de sal é prejudicial em qualquer idade. No entanto, os riscos são maiores nas pessoas idosas, pois se trata da faixa etária em que há um número maior de doenças clínicas.

Conscientização
De acordo com um levantamento realizado pela Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH), pouco mais de 20% dos hipertensos controlam adequadamente a hipertensão arterial. E este controle, de acordo com Milena, não deve ser apenas com medicações, mas também com a conscientização do uso adequado do sal e uma alimentação correta ajudam a amenizar os índices de pressão.

Na Cora, além das famílias já terem indicações médicas sobre o consumo de sal, as nutricionistas sempre acompanham as refeições oferecidas, e por meio das avaliações nutricionais, são realizadas orientações individuais de acordo com a necessidade de cada residente. Outra estratégia da Cora é não disponibilizar saleiros nas mesas, assim, não incentiva os residentes a adicionarem mais sal nas preparações.

Dicas da nutricionista
Nem sempre é fácil diminuir o consumo de sal no dia a dia, mas há algumas dicas que podemos seguir:

• Nunca deixar o saleiro a mesa;
• Utilizar temperos naturais e ervas secas e frescas para temperar;
• Fazer sal de ervas;
• Evitar produtos enlatados e embutidos;
• Preferir o consumo de queijos brancos, aos amarelos.

Confira também a participação da nutricionista Aline Oliveira no programa Mulheres, da TV Gazeta, falando sobre como substituir o sal na alimentação.

Solicite uma avaliação.

Todo o conforto e a comodidade de Cora que cabem no orçamento familiar.
Solicite um orçamento