Colesterol: tire as suas dúvidas

Não é nenhuma novidade que existem dois tipos de colesterol: o bom e o ruim. Mas você sabe qual é cada um deles? Então leia a entrevista abaixo com o Dr. Jarbas Salto, diretor de operações da Cora Residencial Senior, que nos esclarece algumas dúvidas sobre o tema:

Cora Notícias: O que é colesterol?

Dr. Jarbas Salto: Colesterol é a gordura natural do corpo e tem um papel fundamental no funcionamento das células. Mas como tudo em excesso não é bom, ele também traz altos riscos de doenças cardiovasculares.

Cora Notícias: Existem dois tipos de colesterol: LDH e LDL. Quais as diferenças entre eles?

Dr. Jarbas Salto: Esta é uma dúvida que muitas pessoas têm. O HDL (Lipoproteína de Alta Densidade), conhecido também como o “colesterol bom”, remove o colesterol das artérias e o leva para o fígado, onde é eliminado. Já o outro, LDL (Lipoproteína de Baixa Densidade) é o chamado “colesterol ruim”, já que possui uma quantidade alta de colesterol que pode ficar acumulado nas paredes arteriais.

Cora Notícias: E como sabemos se estes dois tipos de colesterol estão corretos? Dr. Jarbas Salto: Para mantê-los em níveis saudáveis, o ideal é que fiquem nesta margem:

LDL

Risco baixo: abaixo de 130 mg/dl

Risco intermediário: abaixo de 100 mg/dl

Risco alto: abaixo de 70 mg/dl

Risco muito alto: abaixo de 50 mg/dl

HDL

Desejável: acima de 40 mg/dl

Cora Notícias: E quais os problemas de saúde que o colesterol ruim pode ocasionar?

Dr. Jarbas Salto: Como já dissemos, o maior risco de uma pessoa com o colesterol ruim acima do ideal é doenças cardiovasculares, já que o coração começa a ter dificuldade para bombear o sangue pois as veias estão entupidas. As principais doenças são: infarto, insuficiência cardíaca e pressão alta.

Cora Notícias: Além de medicação, existem outras maneiras para melhorar os índices do colesterol?

Dr. Jarbas Salto: Sim, manter uma alimentação balanceada e elaborada por nutricionistas, como aqui na Cora, é muito importante. Além disso, a realização de atividade física também ajuda muito a manter os níveis de colesterol nos níveis ideais.

Além disso, também é preciso realizar um acompanhamento médico regular, somente assim há a possibilidade de, se necessário, começar um tratamento logo no início da doença.

A alimentação também pode ajudar em outras doenças, como a osteoporose, que afeta 200 milhões de mulheres no mundo.

Solicite uma avaliação.

Todo o conforto e a comodidade de Cora que cabem no orçamento familiar.
Solicite um orçamento